Sejam Bem-Vindos!!!!!!!

Visite Sempre nosso Blog e Deixe seu recado!!! Contatos: semed.melhoreducacao.castanhal@gmail.com

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Cronograma de Apresentações do Momento Cultural

Divulgamos o cronograma de apresentações das escolas para o dia 03 de setembro durante o momento cultural.

MANHÃ

Tema:EDUCAÇÃO: GARANTINDO TRABALHO E QUALIDADE DE VIDA

Local: Ginásio de Esportes Loyola Passarinho

Data: 03/09/10

Hora: 08h

· 08h- Saudação às autoridades e público presente, explanação do evento pelo mestre de cerimônia.

· 08h05- Abertura Oficial pelo Exmo. Sr. Prefeito Municipal de Castanhal Sr. Hélio Leite da Silva.

· 08h10- Palavra franqueada as autoridades (Diretor da 8ª URE Castanhal, Secretário de Educação – Prof. Luiz Augusto Paiva de Oliveira.),

· 08h20- Apresentação do Pavilhão Nacional por autoridades de segurança pública, acompanhada pelos representantes de unidades de ensino e demais entidades, conduzindo as respectivas bandeiras/ escudos.

· 08h30 – Execução do Hino Nacional pela Banda Municipal 28 de Janeiro.

· 08h40 – Execução do Hino de Castanhal.

· 8h45 – Justificativa do tema pelo vencedor do Concurso – Prof. Edenilson Jorge Falcunier Martins (EEEFM Dr. Inácio Koury Gabriel Neto)

· 8h50 – Premiação ao aluno: Charlles Henrique de Araújo (EMEF São João Bosco) – Vencedor do Concurso logomarca e ao Prof. Edenilson Jorge Falcunier Martins (EEEFM Dr. Inácio Koury Gabriel Neto) - vencedor do Concurso: Tema da Semana da Pátria

· 09h – Início das apresentações.

1. EEEFM Dr. Inácio Koury Gabriel Neto

Subtema: “Educação: Garantindo trabalho e qualidade de vida.”

2. Centro de Educação Infantil Criança Esperança

Subtema: “Recriar o Paraíso, para merecer quem vem depois!

3. EMEF Irene Rodrigues Titan

Subtema: “Qualidade de Vida? Seja qual for o seu sonho, comece!”

4. EMEF Thiago Guedes de Oliveira

Subtema: “Trabalho: Um ato criativo, de prazer e realização humana!”

5. EMEF José Monteiro Maia

Subtema: “Globalização e tecnologia: Avanço ou Retrocesso?”

6. EMEF Profa. Maria da Encarnação Campos de Araújo

Subtema: “Promovendo conhecimento prudente para uma vida decente”

7. EMEF Oswaldo de Freitas - SESI

Subtema: “Educação: quando descubro quem sou, eu me liberto

8. EMEF Cacilda Possidônio do Nascimento

Subtema: “Qualidade de vida: Vamos construir juntos

9. E.M.E.F. Monsenhor José Maria do Lago

Subtema: “Educação: Teia da Vida”

10. EMEF Manoel de Oliveira Pastana

Subtema: “Educação um caminho para a conscientização e formação da autonomia”

11. Centro de Educação Infantil Eronildes farias

Subtema: “Educação Mestra e Transformadora

12. EMEF Ana Paula dos Santos e Santos

Subtema: “Trabalho: A concentração da criatividade em busca da realização humana”

13. EMEF Profa. Maria Bandeira Braga

Subtema: “Vida: Portal do meio Ambiente

14. Centro Educacional Silva Machado

Subtema: “Educação: Contribuindo para a promoção humana e o bem-estar do cidadão”

15. EMEF Georgina Rocha Nascimento

Subtema: “Qualidade de vida: Escola e Família juntos formando cidadãos através da Educação

16. EMEF Profa. Raimunda Maia de Carvalho

Subtema: “Educação para a conquista da qualidade de vida e resgate da cidadania.

1. EMEF Emília Gimennez

Subtema: “Educação é vida; vamos precisar de todo mundo!

2. EMEF Izabel Maria da Conceição

Subtema: “Educação – fortalece o universo cultural do ser humano

3. EMEF Alegria de Saber

Subtema: “Educar é Semear dignidade

4. EMEF Manoel Pinto de Souza

Subtema: “Cuidando do meio Ambiente para uma vida Saudável

Ä Entrega dos TROFÉUS e CERTIFICADOS às escolas participantes.

Ä PATROCINADOR:

v Prefeitura Municipal de Castanhal;

v Organização e Coordenação:

SEMED – Secretaria Municipal de Educação e Desporto.

Ä PARCEIROS:

v FUNCAST

v ESCOLA MESTRE ODILON

v 5º BPM

v SECRETARIA DE SAÚDE

v SEMUTRAN

v CORPO DE BOMBEIROS

v EXÉRCITO BRASILEIRO

v GUARDA MUNICIPAL

v 8ª URE

TARDE

Tema:EDUCAÇÃO: GARANTINDO TRABALHO E QUALIDADE DE VIDA

Local: Ginásio de Esportes Loyola Passarinho

Data: 03/09/10

Hora: 16h

· 16h- Saudação às autoridades e público presente, explanação do evento pelo mestre de cerimônia.

· 16h05- Abertura Oficial pelo Exmo. Sr. Prefeito Municipal de Castanhal Sr. Hélio Leite da Silva.

· 16h10- Palavra franqueada as autoridades (Diretora da 8ª URE, Secretário de Educação – Prof. Luiz Augusto Paiva de Oliveira ...)

· 16h20- Apresentação do Pavilhão Nacional por autoridades de segurança pública, acompanhada pelos representantes de unidades de ensino e demais entidades, conduzindo as respectivas bandeiras/ escudos.

· 16h30 – Execução do Hino Nacional pela Banda Municipal 28 de janeiro.

· 16h40 – Execução do Hino de Castanhal.

· 16h45 - Justificativa do tema pelo vencedor do Concurso – Prof. Edenilson Jorge Falcunier Martins (EEEFM Dr. Inácio Koury Gabriel Neto).

· 17h – Início das apresentações.

1. EEEFM Dr. Inácio Koury Gabriel Neto

Subtema: “Educação: Garantindo trabalho e qualidade de vida.”

2. SEMAS – Secretaria Municipal de Assistência Social

Subtema: “O trabalho e a dança: fortalecendo a cultura nordestina”

3. EMEF Maria Inês Costa

Subtema: “Promovendo a Educação em busca da dignidade humana”

4. EMEF Graziela Gabriel

Subtema: “Cuidar do meio Ambiente depende da consciência e da Educação de todos”

5. EMEF Prof. Ronald Latif Jatene

Subtema: “Apresentação dos Hinos do Estado, Municipal e Escola”

6. EEEFM Prof. Paulo César Coutinho Rodrigues - CAIC

Subtema: “Pão e Poesia”

7. EEEFM 28 de Janeiro

Subtema: “Amor Ágape: A teia da vida”

8. EMEF São João Bosco

Subtema: “Qualidade de vida: vamos construir juntos”

9. EMEF Madre Maria Viganó

Subtema: “Educação: Uma prática social”

10. EEEFM. Profa. Maria Deusarina Rodrigues

Subtema: “Sonho – Seja qual for o seu, comece!”

11. EMEF Francisco Espinheiro Gomes

Subtema: “Educação caminho para libertação”

12. EEEFM Dr. Laureno Francisco Alves de Melo

Subtema: “Queremos pautar as razões do nosso viver!”

13. Centro Educacional “José de Alencar”

Subtema: “Qualidade de vida: vamos construir juntos”

14. Centro Educacional de Castanhal - CEC

Subtema: “Vida: Portal do Meio Ambiente”

15. EEEM Lameira Bitttencourt

Subtema: “Educação: caminho para libertação”

16. EEEFM Clotilde Pereira

Subtema: “Vida: Portal do meio Ambiente

Ä Entrega dos TROFÉUS e CERTIFICADOS às escolas participantes.

Ä REALIZAÇÃO:

v Prefeitura Municipal de Castanhal;

v Organização e Coordenação:

SEMED – Secretaria Municipal de Educação e Desporto.

Ä PARCEIROS:

v FUNCAST

v ESCOLA MESTRE ODILON

v 5º BPM

v SECRETARIA DE SAÚDE

v SEMUTRAN

v CORPO DE BOMBEIROS

v EXÉRCITO BRASILEIRO

v GUARDA MUNICIPAL

v 8ª URE

Mais Educação na EMEF Geogina Nascimento






Hoje à tarde os professores e coordenadores da EMEF Georgina Nascimento se reuniram com os pais dos alunos que foram selecionados para participar das oficinas do Programa Mais Educação. nesta reunião foi explicado o objetivo e a dinâmica do programa. As oficinas iniciarão dia 13 na escola e todos a comunidade escolar está envolvida.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Formação Continuada - Informática Educativa

equipe de Informática Educativa - SEMED/Castanhal/Pará, está promovendo formação Continuada aos professores de nossa escola, perfazendo um total de 30 participantes, no período de 23 à 27/09, com 40h de carga horária.
O tema da Oficina " SOFTWARES EDUCATIVOS - Construindo um ambiente interativo " tem como objetivo discutir/dialogar sobre a importância deste instrumento de ensino/aprendizagem na prática educativa do educador.
Segundo a Diretora Izaira Guimarães "A informática educativa deve ser utilizada de maneira democrática e participativa; oportunizando os alunos e o próprio professor a descobrir / novas formas de aprender e ensinar com esse novo recurso didático, facilitando cada vez mais o acesso a informação e a produção do conhecimento no universo escolar"
A Coordenadora Municipal de Informática Educativa - Luciane Souza, fez considerações pertinentes sobre o trabalho realizado na Rede Municipal de Ensino; com investimento na formação constante dos servidores da Educação, oportunizando o professor (a) a adquirir novas habilidades/ competências de ensinar/aprender, incentivando/estimulando uma cultura de Informática educativa em prol da qualidade de ensino na rede pública.
Segundo a Coordenadora Pedagógica Lidiane Queiroz, : " Os educadores estavam ansiosos por esse momento de troca de conhecimento, questionamento, dúvidas e aprendizagem, muitos destes, já possuem conceitos bem elaborados sobre essa ferramenta pedagógica, no enquanto, os desafios ainda são muitos; seu uso na prática passa por barreiras que vão desde : o planejar aulas para o uso desse recurso pedagógico, conhecer softwares pertinentes aos conteúdos que ministram em sala de aula, iniciativa pedagógica/didática para explorar essa ferramenta utilizando/oportunizando os alunos acessarem e construírem blogs, webequest, utilização adequada da Internet, veiculo este de comunicação/informação que permite a busca de assuntos/conteúdos de pesquisas escolares, e/ou acesso a rádio, vídeos, filmes, etc. Assim, o uso adequado do computador no espaço escolar, torna-se atrativo e didaticamente bem mais eficaz, seduzindo os alunos ao interesse e empenho na elaboração/construção do conhecimento.
A oficina é uma ótima oportunidade para o professor confrontar /repensar sua prática educativa.Precisamos avançar cada vez mais na disseminação não só dos conceitos da Informática Educativa, mais das práticas educativas competentes já existentes na rede de ensino, socializando as experiências exitosas dos projetos de aprendizagem, no intuíto de que esse Novo Paradigma educacional, não se torne um modismo, mais algo que veio para somar, contribuir e democratizar a educação gratuita e de qualidade. Nossa intenção enquanto educadores da Escola Nazaré Torres é ampliar as discussões, estudos e seguir uma filosofia de Informática Educativa que atenda as reais necessidades de aprendizagem de nossos alunos e alunas da Rede Pública Municipal de Ensino.






terça-feira, 24 de agosto de 2010

Muitos têm a ferramenta, mas poucos sabem usá-la - 2ª Parte

A educação deve mostrar que não há conhecimento que não esteja, em algum grau, ameaçado. O conhecimento é causa de erros e ilusões. Devemos destacar, em qualquer sitema educacional, as grandes interrogações sobre nossas possibilidades de conhecer. O conhecimento permanece como uma aventura para a qual a educação deve fornecer apoio indispensável.
Conhecemos tudo, menos o principal: de onde viemos; o sentido profundo do que fazermos e para onde nos encaminhamos. A informação é o primeiro passo para conhecer. Conhecer é relacionar, integrar, contextualizar, incorporar o que vem de fora. Conhecer é saber, desvendar, é ir além da superfície, do previsível, da exterioridade. Conhecer é tentar chegar ao nível da sabedoria, da integração total, da percepção da grande síntese, que se consegue ao se comunicar com uma nova visão do mundo, as pessoas e com o mergulho profundo do nosso eu. O conhecimento se dá no processo rico de interação externo e interno.
Levar o aluno a construir seu conhecimento é um grande desafio para a escola, já que, de forma geral, os alunos estão habituados a um sistema de aprendizagem socrático, no quaol eles dependem de um professor para prestar atenção. Relembrando Piaget, "Quem decora esquece, quem constrói jamais esquece".
Na escola, sua principal contribuição é construir uma ponte entre o mundo real, isto é, o das sociedades modernas em constante transformação, e o mundo da escola, que tem diante de si a tarefa de formar os cidadãos.

Fonte: Idem I

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Muitos têm a ferramenta, mas poucos sabem usá-la.

Conta-se que um caldeireiro foi contratado para consertar um enorme sistema de caldeiras de um navio a vapor que não funcionava bem.
Após ouvir do engenheiro a descrição do problema e ter feito algumas poucas perguntas, o caldeireiro dirigiu-se à sala de máquinas. Durante alguns minutos, ficou olhando para o labirinto de tubos retorcidos, escutou o ruído surdo das caldeiras e o silvo do vapor que escapava. Com as mãos, apalpou alguns dos tubos. Depois, controlando distraidamente, procurou no avental alguma coisa, até tirar de lá um pequeno martelo, com o qual bateu apenas uma vez numa brilhante válvula vermelha. Imediatamente, o sistema inteiro começou a trabalhar com perfeição, e o caldeireiro voltou para casa.
Quando o dono do navio recebeu a conta de 10 mil reais pelo serviço, queixou-se ao caldeireiro. Argumentou que ele só havia ficado na sala de máquinas por 15 minutos e pediu-lhe, então, uma conta pormenorizada. Eis a descrição da conta de prestação de serviços:

Conserto com o martelo: R$ 5,00
Saber onde martelar: R$ 9.995,00
Total: R$ 10.000,00

Interessante, não?

Lembrando do grande educador Darcy Ribeiro, "Sempre há o que aprender, ouvindo, vivendo, e, sobretudo, trabalhando, mas só aprende quem se dispõe a rever as suas certezas". A Educação é um processo em que reunimos o maior número de certezas para lidar com as incertezas.
Fonte: Editorial da Revista Construir Notícias, Nº 53, Ano 09, Julho/Agosto 2010. Pág. 1

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Capacitação EJA

Hoje na EMEF Maria Viganó, reinicia a formação para os professores e coordenadores da EJA que trabalham na rede de escolas municipais de Castanhal. Sob o Tema "Ser Leitor: Alafabetização/Letramento: Um percurso possível", os técnicos da SEMED enfatizarão nesta semana o tema: Tecendo Saberes sobre a prática inclusiva: Uma abordagem Metodológica e Avaliativa (Equipe ESPP). Esta semana ainda será feita a exposição dos materiais que estão sendo produzidos na capacitação. A capacitação só se encerrará na sexta-feira, 20.08.

Aulas de Libras na EMEF Raimunda Amaral
















Apresentamos imagens de uma das aulas de Libras na EMEF Raimunda Amaral. Parabenizamos professores e alunos pelo envolvimento nas aula.

Aulas de violão na EMEF Raimunda Amaral
















A Equipe Coordenadora do Projeto Música na Escola: Cordes e acordes, parabeniza a equipe da EMEF Raimunda Amaral pelo excelente trabalho desenvolvido junto aos alunos que participam do projeto e em especial a Profª Cássia Licar pela iniciativa de tornar o ambiente onde as aulas acontecem um exemplo de organização e aprendizado!

PROGRAMA LIBRAS EM CASTANHAL

JUSTIFICATIVA

A inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais tem sido um tema bastante discutido tanto no Brasil quanto em todo o mundo, tendo em vista reestruturar a sociedade, as escolas e formar os profissionais para o respeito à diversidade e para a valorização do potencial dos alunos, cidadãos independentemente de suas limitações.
Por esses motivos o presente projeto tem como finalidade ofertar o ensino da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, aos alunos das escolas municipais, uma vez que esta é oficialmente uma Língua Nacional desde 24 de abril de 2002, por meio da Lei 10.436, de 24 de abril de 2002 e que, em seu artigo 2º nos diz que: – Deve ser garantido, por parte do poder público em geral e empresas concessionárias de serviços públicos, formas institucionalizadas de apoiar o uso e difusão da Língua Brasileira de Sinais - Libras como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil.
Percebemos a grande dificuldade dos alunos surdos, que estão matriculados em nossas escolas regulares, em ampliarem sua comunicação, aumentarem o vocabulário, compreenderem melhor o mundo e a sociedade em que vivem e principalmente a interação com grande parte dos professores e alunos ouvintes, que acabam discriminando e excluindo estes alunos surdos, pois não conseguem manter uma boa comunicação com estes indivíduos e acaba sendo muito mais fácil ignora-los, deixa-los de lado ou aprova-los para a série seguinte mesmo estes alunos não tendo alcançado as competências mínimas para tal processo.
Diversos teóricos defendem o ensino da Língua de Sinais ao aluno surdo, pois para eles, esta é sua língua materna e lhe dará a possibilidade de compreender melhor outras línguas, como por exemplo, o Português, que para os surdos brasileiros tem caráter de segunda língua de acordo com a legislação vigente. Também acreditamos que o aluno surdo poderá ter uma aprendizagem muito melhor dos conteúdos trabalhados em nossas escolas, assim como uma excelente leitura crítica do mundo que o cerca podendo então desempenhar seu papel de cidadão na sociedade por meio da aprendizagem de sua língua materna. Porém pretende-se ir bem mais além, ofertar o ensino da Língua de Sinais a todos os alunos de nossas escolas municipais, pois dês de 2003 a Prefeitura Municipal de Castanhal vem investindo, na capacitação de seus professores, para que estes em um futuro próximo pudessem atender com mais qualidade aos alunos surdos, que com toda certeza logo estariam estudando em suas escolas. Uma vez que até aquele momento não havia registro de alunos surdos nas escolas municipais, quem fazia o atendimento desta clientela no município eram as escolas da rede estadual de ensino.
A partir das capacitações iniciadas em 2003, despertou na Secretaria de Educação o grande desejo de desenvolver novas propostas e metodologias para atender alunos surdos. Em 2006 já com cerca 300 professores que receberam alguma capacitação na área da LIBRAS, mesmo tendo até aquele momento apenas seis alunos surdos em suas escolas, a Equipe Sócio Psico-pedagogica - ESPP juntamente com a Coordenadoria de Ensino da Secretaria Municipal de Educação iniciaram a elaboração do presente projeto que como já foi citado, pretende ofertar o ensino da Língua Brasileira de Sinais a todos os alunos matriculados nas escolas municipais sejam eles ouvintes ou surdos, e a estes possibilitar ainda a oferta de novas metodologias para o desenvolvimento de sua aprendizagem.

Dia do Estudante na EMEF Nazaré Torres











A EMEF Nazaré Torres comemorou o Dia do Estudante com uma animada Gincana de Talentos. Parabéns aos alunos que participaram do evento e aos professores e técnicos que incentivaram o projeto.

Nazaré Torres homenageia aos Pais
















No dia 13 de agosto a EMEF Nazaré Torres realizou uma programação em homenagem aos pais dos alunos da escola. Houve palestra de incentivo ao melhor relacionamento entre pais e filhos, gincana esportivo e sorteio de brindes.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Capacitação para os professores da EJA

Dias 11,12 e 13 e 18, 19 e 20 de agosto das 18h às 22h na EMEF Madre Maria Viganó, estará acontecendo mais uma capacitação para os professore da EJA que trabalham com a 1ª e 2ª Etapas. O evento tem como objetivo qualificar os professores que atuam em sala de aula com públicos diversificados e dinamizar as aulas para os alunos inclusos.

Alunos Incluídos se Destacam no Jep´s








Alguns alunos das escolas municipais e estaduais se fizeram presentes neste ano nos Jogos Estudantis Paraenses na versão destinada aos alunos inclusos. Destacamos os alunos: Moisés, de 17 anos, da EMEF Nazaré Torres que foi campeão na corrida de 100m na categoria B e que foi selecionado para participar dos Jogos Estudantis Nacionais que acontecerá de 06 à 09 de Setembro em São Paulo, e o aluno Nadson Rocha, de 15 anos, da Escola Estadual Maria Pia que alcançou o 2º lugar nos 100m de natação e o aluno Paulo Victor, 15 anos, da Escola Rotary que também foi campeão nos 100m da categoria A. Parabenizamos as professoras Francimara Barros e Telma Bezerra e os alunos da equipe de futebol de salão e todos os alunos que participaram do Jep´s.

Semana da Pátria 2010

Até o dia 16 de agosto estará aberta a inscrição para as escolas que queiram participar do Momento Cultural da semana da pátria 2010 que acontecerá no dia 09.03 das 08:00 às 12:00h para as turmas de Educação Infantil à 5ª série e de 16:00h às 21:00h para as turmas de 6ª à 9ª séries e EJA. Não deixe sua escola de fora deste grande evento cívico!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Japim - Performance



O Professor Roberto Marques, um dos arte-educadores do Grupo Japim criou uma performance para a aluna Marília Sena que foi apresentada no dia 29.07 durante a visita do Reitor da Universidade Federal do Pará à EEEFM Cônego Leitão durante o curso de Teatro da Plataforma Freire. Parabéns aos alunos do curso e ao professor Roberto!

Entrega de Instrumentos Musicais



Nesta quinta-feira, 05.08, às 08:00h na Praça Manoel Teixeira (Matriz) serão entregues pela Prefeitura de Castanhal 459 instrumentos musicais e 1.332 acessórios às bandas de 24 escolas de nosso município que já estão se preparando para o grande desfile escolar deste ano.
Toda a sociedade está convidada para este grande evento de valorização dos alunos e professores que se empenham na formação de bandas musicais e fortalecimento da cidadania.

Capacitação da Escola Ativa



Dias 05 e 06 (quinta e sexta) acontecerá a Capacitação no 3º e 4º Módulo da Escola Ativa. Todos os diretores, coordenadores e professores que trabalham com este Programa em suas escolas deverão se fazer presentes à capacitação que acontecerá no Hotel Durma Bem de 08:00 às 16:00hs.

Encerramento do Semestre na EMEF Nazaré Torres

No dia 29 de junho foi realizado o ARRAIÁ DO NAZARÉ TORRES com o tema: VALORIZANDO A CULTURA AFRO-BRASILEIRA E INDÍGENA . Esse evento possibilitou a comunidade em geral vivenciar manifestações da cultura afro-brasileira, trocar experiências e refletir de forma lúdica em meio a dança, a música, o movimento nas brincadeiras, no degustar das comidas típicas, no contemplar de apresentações artísticas, sobre os desafios e possibilidades que a implantação da LEI Nº 11.645, DE 10 MARÇO DE 2008 propicia para a comunidade local no espaço escolar.
Além das apresentações com Boi Bumbá, danças indígenas e afro, foi também montada uma pequena exposição de esculturas que contemplavam a cultura afro. O evento contou com outras atividades tais como: Oficina de Dança Afro, de Samba de Roda, oficina de pintura corporal tendo como parceiros a Associação de consciência negra Quilombo - ASCONQ e o CRAS/PROPIRA.
As brincadeiras tradicionais juninas como : bocão, pescaria, jogo de argolas, delegacia, casamento na roça e quadrilha maluca foram agregadas a todo esse ambiente de valorização e auto-estima da cultura afro e indígena, sem falar das maravilhosas comidas típicas.
A turma Tarsila do Amaral, coordenada pela professora Ana Cláudia apresentou o Boi Carinhoso.
P6290042.JPGP6290099.JPGP6290153.JPG


Festa Junina EMEF Nazaré Torres

P1011087.JPGP1010990.JPGP1011078.JPGP1010997.JPGP1011015.JPGP1011000.JPGP1011023.JPGP1011051.JPGP1011067.JPG
Divulgamos momentos inesquecíveis da Festa Junina da EMEF Nazaré Torres. Parabéns pela organização e incentivo à cultura brasileira!